Thursday, July 31, 2008

E eis que é dia 31

Parabéns a mim e mais aos meus 30 anos!!!!
Graças a todos que comentaram o penúltimo post, assumo a minha nova idade em letras garrafais.
Deixem-me só fazer pose para a fotografia que logo sirvo-vos uma fatia deste bolito de anos.

Wednesday, July 30, 2008

A despedida

Daqui a pouco vou dar a minha última aula de Português para Estrangeiros. Confesso que estou com um friozinho na barriga. Tenho pena de deixar de dar estas aulas que amei leccionar. Tenho pena de saber que estes alunos vão, mais cedo ou mais tarde, partir para os seus países de origem e o mais provável é nunca mais os voltar a ver. Sim, porque os alunos portugueses sabemos que os podemos voltar a ver, nem que seja, por um acaso, num shopping ou num supermercado... como me tem acontecido. Mas com estes alunos em particular a situação é totalmente diferente!

A despedida é das situações mais ingratas na vida de um professor, pelo menos para mim. Isto porque torna-se muito complicado depois de tanto tempo, num contacto quase diário, depois de tanta partilha (em ambos os sentidos), depois de darmos tanto de nós e recebermos tanto também, despedirmo-nos daqueles seres humanos, que estiveram à nossa frente. Claro que há alunos e alunos, alguns não dão pena alguma em vê-los ao longe.

A despedida dos alunos mais novos, de Erasmus, custou imenso. Eles regressaram mais cedo. Um deles, um indiano, ofereceu-me uma manta indiana como prenda de anos, pois lembrou-se que o meu aniversário será no próximo dia 31... foi algo que me tocou em particular. Ainda por cima porque este era um aluno extremamente interessado, adorava saber a razão de tudo, esforçava-se por pronunciar correctamente as palavras mais difíceis, estava sempre pronto para ler ou criar diálogos mediante um dado contexto. Quando levei uma música de Rui Veloso, foi logo o primeiro a pedir o CD para ouvir em casa. Era muito castiço.

Daqui a umas horas vou dar a última aula e despedir-me dos restantes, vai ser emocionalmente complicado, espero não desabar, com tanta emoção.

Fica o desejo de voltar a repetir esta experiência interessantíssima, acima de tudo pela troca de experiências, saberes e consciências culturais.

Red Alert!

Hoje, dia 30, é o último dia dos meus, já saudosos, 20 aninhos.

Fui tão feliz nesta década, que não me apetecia nada vê-la partir. Se tivesse de intitular esta década, diria que foi "A idade do auto-conhecimento", porque consistiu, de facto, numa altura em que me fui conhecendo cada vez melhor, em que aprendi a tirar proveito não só dos meus pontos fortes, mas também das minhas fraquezas.
Acreditem, está a ser um processo doloroso.
Espero que os 30 sejam igualmente positivos.

Um brinde ao último dia com o 2 no algarismo da esquerda. Cheers!

(a não ser que chegue aos 200, há sempre essa possibilidade!)

Tuesday, July 29, 2008

Pensamento do dia

Quem não está comigo, está contra mim!

Saturday, July 26, 2008

Thursday, July 24, 2008

Uma das rotinas...



...destas minhas quase-férias tem sido assistir a um ou dois episódios da série de Hitchcock, por dia.
Depois destas sessões, duas situações poderão ocorrer, ou irei tornar-me numa criminosa perfeita ou num alibi credível.

Kitty Maria...

... anda a ameaçar o Tico José.

Modus operandi: Ela observa-o com olhar de gangster e pata cerrada, prometendo umas arranhadelas, caso ele se "estique".

Wednesday, July 23, 2008

Mais um teste infalível...



What Your Sunglasses Say About You



You are chic, bold, and mysterious.

You are larger than life and very sexy.



You need to be shaded from people who are dull and ordinary.

You feel sunniest when you're around fabulous, exciting people



Aqui está a confirmação, neste teste fidelíssmo. Que isto de escolher óculos de sol diz muito da nossa persona.

Por isso:

Dull people stay away from me!!

Tuesday, July 22, 2008

Email recebido:

Este anúncio foi publicado em 1919,

logo depois do início da proibição da

venda e fabricação de bebidas alcoolicas

nos EUA (a famosa Lei Sêca)

Agora olhe bem para elas e responda:
Você deixaria de beber?


Achei engraçado, resolvi partilhar!

Monday, July 21, 2008

Descubram as diferenças - FASHION


David Bowie



Joey Negro

Eu prefiro o primeiro, apesar do "versão" de Joey Negro ser tentadoramente "funk". Mas David Bowie será sempre o meu preferido. Gostos incutidos por mon pére na infância, não se colocam em questão! São dados adquiridos e irrefutáveis.

Já não se pode...



... dormir de janela aberta.
Desde a semana passada que ando com uma tosse irritante. Que neeervos!!!
Além de, pontualmente, ficar afónica.
Eu já deveria saber que a minha pobre garganta não aguenta estas coisas.
Sim, pilantra, é mesmo garganta.

Closer

Este filme tem a capacidade de ser extremamente significativo de todas as vezes que o vejo.
As relações amorosas e humanas tecem-se de uma enorme complexidade. Nem sempre escolhemos o mais lógico, nem o mais línear, nem o mais fácil; optamos e desafiamos a "normalidade".

Força

Depois de ter lido este post num blog que convido todos a visitar - Shiuuuu - lembrei-me de algo verdadeiro na minha vida.
A Força que os outros pensam que possuo, faz-me realmente Forte.
Não sei se será um contrasenso da minha vida; não sei se será algo indicador de que preciso do contacto com os outros para encontrar e entender a minha verdadeira essência; só sei que é verdade. E, para mim, o que julgo ser verdade, é válido.

Friday, July 18, 2008

PARABÉNS ao meu blog

Hoje faz dois anitos que decidi publicar os meus devaneios para o mundo ler, em forma de blog. Podia estar quietinha no meu canto, pois podia! Mas não! Tive de arranjar uma forma de aborrecer os outros com as minhas maluquices cor-de-rosa.

É certo que este ano comecei mal a minha vida bloguística, ficando muito tempo sem postar, devido ao excesso de trabalho, mas acho que já estou a apanhar o ritmo novamente.

Seja como for, dedico-vos este bolinho, que por acaso é parecido com o que vou vestir no casamento de uns amigos, no próximo fim-de-semana. Consideremos então este bolo como uma antevisão de moi même no próximo fim-de-semana (ainda quero ver se arranjo um chapéu com umas estrelinhas iguais, a sair,... bem.. se me derem com uma sertã/frigideira na pinha, o resultado deve ser parecido)



Obrigada a todos visitantes e comentadores :)

Podem tirar uma fatia!

Bricolage

"Só sei que nada sei", subscrevo inteiramente as palavras do meu querido Sócrates.
Quanto mais aprendo, mais ignorante me sinto no mundo das obras em casa.
É que pelos vistos existem dois tipos de tinta, a tinta mate e a tinta acetinada.
Ah! E ontem também descobri que existe tinta magnética... as coisas que eles inventam.

Thursday, July 17, 2008

My mental soundtrack for today

Klaxons - Golden Skans

Light touch my hand, in a dream of Golden Skans, from now on. You can forget our future plans. Night touch my hand with the turning Golden Skans, From the night and the light, all plans are golden in your hand. Set sail from sense, bring all her young. Set sail from where we once begun. While we wait, while we wait. A hall of records, or numbers, or spaces still undone. Ruins, or relics, disciples and the young. Light touch my hand, in a dream of Golden Skans, from now on. You can forget our future plans. Night touch my hand with the turning Golden Skans, From the night and the light, all plans are golden in your hand. We sailed from sense, brought all our young. We sailed from where we once begun. While we wait, while we wait. A hall of records, or numbers, or spaces still undone. Ruins, or relics, disciples and the young. Light touch my hand, in a dream of Golden Skans, from now on. You can forget our future plans. Night touch my hand with the turning Golden Skans, From the night and the light, all plans are golden in your hand

Wednesday, July 16, 2008

Tuesday, July 15, 2008

Um bocadinho de...



Lauren Bacall e, o quebra-corações, Gregory Peck
em

Monday, July 14, 2008

Sou só eu...

... ou existe mais alguém neste mundo que não acha piada nenhuma àquelas músicas melodramáticas, todas iguais, de mulheres de postura emancipada de viola na mão? Quer dizer, algumas só têm mesmo o microfone na mão e ainda existem aquelas de mão no piano.

É que, para além de não achar piada alguma, também me provoca alguns enjoos ouvir músicas do género de:

"I´m not gonna write you a love song...because I ...naaaanaaa.... because I nanaaa..."

e depois a outra muito sofrida, por sinal:

"Should I give up...or should I try chasing pavements...."

Sinceramente, não há paciência para estas musiquinhas da treta que falam mulherzinhas muito sofridas, porque os homens são todos umas bestas e só existem para as magoar.

Vá, vão sofrer para outro lado, de preferência bem longe dos meus ouvidos.


P.S.1 - Se calhar é só mesmo de mim....

P.S.2 - Não sei se os lyrics estão correctos, não me apeteceu perguntar ao Sr. Google.

Bricolage


Ontem, descobri que até sou jeitosa a lixar.... portas e, consequentemente, as minhas unhas e dedos!

A avaliar pelos meus últimos trabalhos neste campo, qualquer dia chamam-me para singrar na equipa do "Querido, Mudei a Casa", pois, tal como eu, nunca terminam as tarefas a que se propõem no tempo previsto.


Friday, July 11, 2008

Thursday, July 10, 2008

Olha, olha...

THE HIVES estão a passar na têvê, os meus companheiros de jogging.
Vou só ali colar-me um bocadinho à minha televisão.


Eu já disse uma vez...

...e volto a repetir para que conste que eu avisei!

As pessoas que teimam em fazer as rotundas por fora são um perigo para a sociedade!!
Quais multas por excesso de velocidade, quais multas por se circular na faixa da esquerda.
As multinhas deviam era ir todas direitinhas para esses condutores malandros e altamente prejudiciais à boa circulação de veiculos nas rotundas, que teimam em fazer as rotundas por fora, paralelamente ligando os piscas, como se isso os salvasse dos seus pecados.

Porto Summer Jam

Neste sábado, no Edifício Transparente, em Matosinhos, os HUMAN CHALICE irão actuar, na 1ª edição do Porto Summer Jam.

10euros a entrada.

Mais informação aqui.

Wednesday, July 09, 2008

Crise nas faculdades?

Claro que sim! Porém, não vamos dar lugar a alarmismos, uma vez que já estão activados os devidos mecanismos de sobrevivência.

Mais conveniente seria impossível!

Recebi cócegas...

... de Shiuuu... foi algo inesperado, mas posso dizer que gostei bastante!

Teste




Vi este teste no blog da Mlee e resolvi tentar a minha sorte. O resultado é o que está visível. Eu sempre pensei ter um super-poder mas "cuddles"...
Pelos vistos sou boa pessoa, mas isso não é lá muito bom pois não? Sempre quis ser mazinha!
Mas eu rendo-me ao resultado, venham daí esses ossinhos...

Tuesday, July 08, 2008

Meu rico girassol!

Comprei um girassol dentro de um vasinho,
que coisa mais rica, mais querida.
Mas ele agora está a ficar a modos que branquinho.
Ai Jesus! Que desgraça, estou perdida!


A minha singela quadra espelha a realidade que me assombra. Quando, finalmente, me decidi a comprar um girassol, prometi que iria cuidar bem dele, agora que já vou tendo um tempito mais livre. Nos entretantos, não sei se é água a mais, ou um facto sobrenatural qualquer, o qual foge ao domínio da Razão, que anda a esbranquiçar as pétalas.

Mudar de Casa


Eu tenho para mim que a pior situação, quando se pensa em mudar de casa, é a reorganização da tralha. Assim sendo, a tralha que temos pode ser dividida em várias categorias, consoante o fim que se deseja dar à dita:

1) Tralha para levar para a nova casa; (tralha que realmente gostamos e falta nos faz)

2) Tralha para deitar fora; (tralha que já devia há muito ter sido dispensada, mas por preguiça, ou falta de tempo ou de paciência, íamos mantendo)

3) Tralha para dar; (tralha que ainda está em bom estado, mas, por algum motivo, nos fartámos dela, logo alguém pode aproveitar)

4) Tralha que... ooopsss.... não sabendo como, de alguma maneira se esquece na casa anterior. (tralha que não ainda não sabemos a que categoria pertence, perspectivando como tralha standby)

Ontem, desobri que...

... o meu aluno grego revela imensa dificuldade em conseguir diferenciar e, consequentemente, pronunciar os sons relativos a

Ô / Ó
pois não existem na língua dele.
Tal dificuldade conferiu à aula momentos divertidos.
E é tão bom brincar com a Língua (Portuguesa), ora bem!

Sunday, July 06, 2008

Agora se me dão licença,

...vou ali sofrer um bocadinho, sob a direcção deste Senhor:



"Always make the audience suffer as much as possible."

"Blondes make the best victims. They're like virgin snow that shows up the bloody footprints."

Alfred Hichcock

Mental note: algo me diz que esta última citação irá provocar-me pesadelos.

A decisão...

... foi tão complicada de tomar, mas segui o meu instinto e acho que foi o melhorzinho que poderia ter feito.

De um lado estavam os Human Chalice, a banda do meu coração, a banda do meu little brother, cujos últimos concertos havia falhado, dada a distância e ao meu excesso trabalho, na altura.
Deste mesmo lado tinha o fantástico Slimmy, aliado à minha enorme curiosidade em vê-lo ao vivo e, claro, ao meu gosto pela sua sonoridade, composição e interpretação.
De outro lado tinha Jamiroquai, palavras para quê? Basta dizer que passei a minha adolescência com posters de Jay Kay no meu quarto, sonhando por, um dia, vê-lo a dançar ao vivo, cantando as suas músicas e dando-as a conhecer às minhas amigas de secundário. É uma paixão antiga, a minha por Jay Kay... ai ai... sempre o achei um querido!
Mas lá optei pelos primeiros. Não sei como, mas senti que Jay Kay não estaria inspirado naquela noite e não iria dar um grande espectáculo.

Então lá por terras do Major, primeiro tocaram os Human Chalice que foram fantásticos, mas tal não constitui nenhuma surpresa para mim, pois já os vi ao vivo muitas vezes e sei do que são capazes.

De seguida entrou em palco Slimmy, o que representou a grande revelação da noite para mim. Com um espírito muito irreverente, uma sonoridade fantástica, uma postura em palco ainda melhor, estes músicos provaram que a sua produção não é de estúdio, como algumas pessoas afirmam, é bem real, sendo que a voz do vocalista apresenta uma sonoridade incrível. Acho sinceramente que, dentro do estilo rock-electrónico, é das melhores produções nacionais, de momento. Aliás, o single Soundbeat Loverboy entrou na banda sonora do CSI Miami.
Diz meu manito que eles, pessoalmente, também são muito simpáticos e extremamente acessíveis (mais uma vez o meu manito a causar inveja na sua mana velha)


O ponto negativo da noite: o facto de o povo (jovens !!!!!!!) de SP Cova não estar preparado, na sua maioria, para assistir a um concerto e a músicos tão irreverentes como Slimmy e restantes elementos, pelo que se portou muito mal durante o espectáculo; a velha expressão "pérolas a porcos" ocorria-me várias vezes na mente. O que me valeu foi que espectáculo inebriante e sensual (até) de Slimmy deu para esquecer o que se passava, pontualmente, à minha volta.

Gostei tanto deles ao vivo que já estou a pensar em ir assistir ao próximo concerto dia 11.


Já agora o próximo concerto de Human Chalice é em Matosinhos - Edíficio Transparente - dia 12.

Friday, July 04, 2008

É tudo ao mesmo tempo

Amanhã tenho uma decisão demasiado difícil para a minha cabeça loira tomar. Tenho de decidir pelos seguintes concertos:

OU Human Chalice



+ Slimmy



@ Gasómetro - S.Pedro da Cova


OU Jamiroquai




@ Super Bock Super Rock - Aqui na terrinha!

Ai vida difícil, esta!!

Thursday, July 03, 2008

Preguicite Aguda é...

... num dia de semana acordar às 12h mas só levantar da cama às 15h... há quem lhe chame por o sono em dia... whatever...o que ineressa é que Eu estava a precisar disto!

«Amiga Bifa»

Se procurarem na net "amiga bifa" vêm dar directamente a mim, pelo menos é o que diz o senhor Sitemeter.

Já eu estou é farta das "amigas" que me aparecem, de quando em vez, numa janelinha pequenina a querer iniciar um chat de conteúdos duvidosos (digo eu), foi a herança do bilhetinho voador... ao menos ele era rosa.



Agora é hora de saltar às cordas com a "Amiga Bifa"... vocês dão às cordas e eu salto!

Às vezes,

... quando certas pessoas falam, eu só ouço


....blá blá bá....

... ou palavras na língua alemã...

(vai dar ao mesmo)


Mas sempre, sempre muito discreta..

Oh Obrigada, obrigada!

Mas sem vocês, pessoas entediantes, isto nunca seria possível!

Obrigada!

Wednesday, July 02, 2008

Valley of the Dolls




Neely O'Hara: Who are ya hiding from, Helen? The notices couldn't have been that bad.
Helen Lawson: The show just needs a little fine tuning.
Neely O'Hara: Don't worry, sweetheart. If the show folds I can always get a part as understudy for my grandmother.
Helen Lawson: Thanks. I already turned down the part you're playing.
Neely O'Hara: Bull! Merrick isn't that crazy.
Helen Lawson: You oughta know, honey, you just came out of the nuthouse.
Neely O'Hara: It was not a nuthouse!
Helen Lawson: Look. They drummed you right outta Hollywood! So ya come crawlin' back to Broadway. Well, Broadway doesn't go for booze and dope. Now you get outta my way, I got a guy waitin' for me.
Neely O'Hara: That's a switch from the fags you're usually stuck with!
Helen Lawson: At least I never had to MARRY one!
Neely O'Hara: YOU TAKE THAT BACK...
[pulls off Helen's wig while scuffling]
Neely O'Hara: ... oh my God, it's a wig! HER HAIR'S AS PHONY AS SHE IS!
Helen Lawson: What are you doing in there?
Neely O´Hara: Giving it a shampoo.... Goodbye pussycat! meowwwwww

Fins práticos de se ter um blog

Quando alguém afirmar que ter um blog não serve para coisa alguma, eu vou ter de me incomodar com essa pessoa.
Então não é que, depois de ter reclamado sobre a antipatia das meninas da Segurança Social cá da terra, elas ficaram mais simpáticas!!
Ontem, tive de me dirigir a esses serviços. como quem cumpre uma penitência, antes até de entrar no local pensei cá para mim "Esta é pelas vezes que comi uma francesinha com ovo e batata" ( é que os meus pecados resumem-se à gula, basicamente)
Porém, para meu tremendo espanto, fui muito bem atendida, tanto é que voltei lá, hoje de manhã, só para confirmar se a simpatia não seria uma situação de um dia, algo momentâneo; mas a verdade é que voltei a ser muito bem atendida.
Aposto que leram este post e identificaram-me logo à chegada.
Seja por que motivo for, há que dizer a verdade! Nem que daqui a uns meses volte a expressar o meu desagrado por esta instituição e seus funcionários.(tal como me está a indicar a minha bolinha de cristal)

Tuesday, July 01, 2008

Singularidades

Razões pelas quais nunca serei uma vítima do "Car Jack"

Ora após ter assistido a uma entrevista a um suposto "Jack" que anda a roubar "cars", deduzi logo que não teria perfil para ser uma vítima. Vejamos:

Razão nº1: O meu carrito não é de alta cilindrada. Aquilo tem pouquinhos cavalos e os existentes estão magrinhos, velhos e cansadinhos, às vezes até deixo um ou outro na garagem a descansar, taditos. Como ainda não tenho o meu PT Cruiser, posso estar descansada.

Razão nº2: Os "Jacks" preferem assaltar homens, pois diz que eles não berram tanto, nem tentam tirar o collant da cabeça do bandido, como as mulheres. Ou seja, os homens são uns medricas e dão tudo à mínima arma apontada à pinha.

Razão nº3: Depois de ter ficado a saber que os "Jacks" não roubam carros com mais de 2 pessoas lá dentro, fui a correr comprar uns bonecos, daqueles das montras das lojas, e pu-los todos no meu veículo: um ao meu lado e três atrás. Assim parece que, ao mesmo tempo que conduzo, estou a dar uma festa. Até coloquei no retrovisor uma bola de espelhos para reforçar a ideia.