Sunday, April 06, 2008

Roma: O Regresso

Já regressei à vida real, àquela que me permite de quando em vez transportar-me para a vida das viagens, das compras e do dolce fare niente.


Nota: Estou na minha janela, em frente ao mar, a ver a confusão de carrinhos lá em baixo, carregadinhos que nem piñatas de domingueiros que persistem em trazer a família inteira no pópó para "passear" em frente à praia, e, neste momento, acabei de ouvir um a chamar "palhaço" ao condutor da frente...ahhh que saudades destes domingos de sol e de calor sempre tão alegres, bem-dispostos e com tantas histórias divertidas para contar no dia seguinte às colegas da escola, sobre este domingueiros tão engraçados... ora vamos lá ver, ou muito me engano ou daqui a pouco há um acidente, daqui a pouco passa um com música brasileira pimba aos altos berros, daqui a pouco um entra na rua contra-a-mão, daqui a pouco há outra zaragata.... it´s the same old story, every sunday.... pronto está mesmo neste preciso momento a passar um carrito com música brasileira aos berros, não vos disse?


O que mais gostei em Roma foi sem sombra de dúvidas os monumentos, os palácios, as catedrais, os museus com um espólio imenso e muito bem preservado. E, claro, a piece de resistence, FONTANA DI TREVI, a qual não me desiludiu em nada!!! Linda, linda, linda como só ela, fartei-me de atirar moedas de costas voltadas para a fonte, tirei inúmeras fotografias, só faltou mesmo atirar-me lá para dentro tal qual Anita Eckberg, em La Dolce Vita de Fellini. O problema é que não estava de vestidinho preto, então preferi não arriscar.

A visita ao Vaticano foi, sem dúvida, uma das partes mais siginificativa e simbólicas da viagem, principalmente porque foi palco de um momento mágico e comovente dirigido à minha pessoa, é verdade, nunca mais irei esquecer que foi no Vaticano que vivi um dos momentos mais importantes da minha vida loira. Mas também foi lá que descobri que as Freiras gostam de furar as filas, aliás, são muito boas nisso! Deve haver um curso para as freiras tipo "Como passar à frente de toda a gente descaradamente e com arte nas filas do Vaticano"


O Coliseu, o Fórum, Piazza Navona e Palatino foram alguns dos locais que mais prazer me deu em visitar. Ah e ainda tive oportunidade de assistir a uma exposição sobre Pompeia, com frescos maravilhosos.



Coliseum



Para quem aprecia, como eu, comida Italiana, há que evitar os restaurantes tradicionais, correndo-se o risco de se trazer excesso de peso, não na bagagem, mas no próprio corpinho. Et voilá foi isso mesmo que me aconteceu! Apesar de ter caminhado imenso, trouxe umas gordurinhas de volta para o Poooooooooooooooooooorto (vá-se lá saber porque me apeteceu gritar Pooooooooooooooorto). Mas nada que a agitação diária, a corrida de escola para escola, não resolva.


Pontos negativos de Roma existiram, principalmente no que diz respeito à sujidade da cidade e a antipatia dos seus habitantes, já para não falar no seu preconceito em relação aos Portugueses. Aliás, Italianos e Portugueses têm muito em comum. Outro aspecto menos bom foi o constante bombardeamente de esculturas, já não podia ver bustos, estatuetas, enfim os chamados biscuits, à minha frente

Durante todo o momento que lá estive parecia que assistia às Wacky Races, uma vez que aqueles romanos são loucos a conduzir! Ainda tentei procurar o Mutley no lugar do pendura, sempre foi o meu preferido...

3 comments:

avelaneiraflorida said...

Querida Blondie,

Eis-te de volta!!!!
Esta reportagem é magnifica...mas a "seco"!!!!
Nem uma fotozinha?????????
Ficamos à espera!!!!

Bjkas!!!

Kitty Fane said...

Que saudades de Roma. Eu tb adorei, amei a Fontanita di Trevi.

Beijinhos

gata said...

Bem-Regressada!!!

Em relação à FONTANA DI TREVI: eu achei uma desilusão... ainda por cima, no ano em que fui a Itália, os monumentos estavam TODOS em restauração! A 'fontanazinha' estava vazia pelo que eu não atirei nenhuma moeda... mas com o calor que estava nesse dia, mesmo sem vestido preto, saltava lá para dentro! :-)

Mas gostei bastante do COLISEU e do FORUM! Também gostei do VATICANO, pena que o PAPA estivesse de férias...

Mas folgo em saber que passados anos o trânsito continua caótico e os romanos com mau feitio... :-)