Friday, June 08, 2007

Blondie e a Caminhada

Não, não vos vou falar de uma caminhada espiritual, vou falar de uma caminhada física, bastante física mesmo!!


Fui convidada para fazer uma caminhada por umas terras do Nuorte, seguido de um picnic e de uma viagem a Monção para ir à festa da Coca e S.Jorge.
E eu lá fui... as companhias eram agradáveis... no entanto, não cheguei a acreditar muito na parte da caminhada.
Quando chegamos ao suposto local de partida, assustei-me!!!!!!!!!
Comecei a ver pessoas realmente equipadas para caminhar. Pessoas com garrafas de água, roupa confortável, bonés, chapéus, mochilas, máquinas fotográficas... e eu de calças de ganga, sapatilhas da skechers rosas e cizentas (ideais para andar no asfalto da cidade), um top da Benetton todo fashion (como agora os meus alunos dizem), e uns óculos de sol C. Dior, já para não falar dos meus acessórios que contavam com brincos, anel e colar e o meu perfume YSL.
Eu imaginei logo ali dois mundos opostos...EU E OS OUTROS... e havia um grande hiato temporal, espacial e de vestuário que nos separava... um abismo profundo... que até metia medo!

Mas Blondie, é uma menina que se adapta facilmente a qualquer coisa... lembrei-me logo da máxima da Revolução Industrial "A necessidade é mãe da invenção!" e eu, quando preciso de forças, socorro-me a essas frases feitas, que tanto me inspiram.
Ora tal qual Scarlet O´Hara, despojei-me dos meus bens, ou seja, tirei os meus acessórios, despi o top da Benetton, pois tinha outro mais fatela (da Zara) por baixo, agarrei numa garrafa de água, pedi desculpa às minhas sapatilhas lindas...e foi isso!!! O suficiente para me tornar, eu mesma, numa peregrina!!

E lá fui a caminhar: caminhei, caminhei, caminhei, subi, desci (a dizer mal da minha vida pois eu odeio descer, tenho medo de escorregar e cair). Passei por riachos, pontes, lama (onde mais uma vez pedi desculpa às minhas sapatilhas), insultei as pedras, o cheiro menos agradável (nalguns locais) e o piso irregular, disse muitas graçolas...sim, porque quando estou em situação desconfortável o meu humor torna-se mais "aguçado".
Caminhei/caminhámos das 10h30 às 13h sem parar. No fim desaguámos num fabuloso picnic e um escaldãozito nos ombros para acrescentar à odisseia.

Desta caminhada concluí que:
*tenho de andar sempre com protector solar atrás de mim
*as fábricas de sapatos altos dessas zonas devem ir à falência (quem é que consegue andar de sapatos altos nestas zonas de Portugal profundo?)
*sou a única que gosta de se resfrescar sempre que passa por riachos
*devo sempre acreditar nos outros quando evocam a palavra CAMINHADA
*tenho de lavar as minhas queridas sapatilhas
*não havia necessidade de acordar tão cedo para caminhar

...To be Continued...

8 comments:

avelaneiraflorida said...

No primeiro dia...quis tirar fotos a tudo o que era pato,patinho, ave, avezinha, flor, arbusto...

Passados estes meses...já me deixei disso!

é olhar para o relógio e marcar o tempo...

Boas caminhadas, BLONDIE!
Bjks

Lobka said...

Mas no fim sabe tão bem:
Tomar uma banhoca bem longa, uma refeição decente, sentar no sofá em frente à tv e adormecer... ihih
Enfim!

Lurdes said...

Minha cara amiga, caminhadas no Portugal profundo é que têm piada!!! Aqui à beira mar é mais confortável, não é?!?! Mas bem menos divertido, já reparaste? Desde que comecei as ditas no Gerês há 4 anos, quase, que não quero outra coisa!!! E andamos mesmo pelas montanhas! E claro, uma caminhada implica sempre protector solar (até de Inverno!), roupa e calçado confortável e um farnelito saboroso!!! E água, muita água... ah, e levantar cedinho, claro! (sou uma expert em caminhadas... e já vi muita gente fazer o mesmo que tu!)
Beijinhos

avelaneiraflorida said...

Gosto do novo LOOK!!!

Bjks

FL said...

Cara blondie

Parabéns pela foto no cabeçalho do site.
Agora repara nesta tua passagem:
" despi o top da Benetton, pois tinha outro mais fatela (da Zara) por baixo" - nesta passagem deves ter desfeito o sorriso de muitos homens.
Pois é, isto das caminhadas é muito engraçado, dizem que é só um passeiozito e tal, nas calmas... Quando lá chegamos, estão todos equipados como se fossem para a guerra e põem-se a andar que nem doidos.

Kitty said...

Temos novo look! Parece-me bem! O selinho de conteúdos duvidos a cair ao longo do blog é que continua a não estar com nada! :-D

Blondie said...

Avelaneira,
pois, eu também acho que quanto menos peso melhor. Senão com máquinhas e mochilas, a caminhada torna-se desprovida do seu objectivo inicial.

Lobka,
que maravilha... isso é que é bom. Mas eu ainda tive muito para fazer esse dia... depois conto o resto da minha odisseia:S

Lurdes,
para a próxima estás convidada!! :)
Tu és a verdadeira peregrina, sabes tudo!! Tenho de ir caminhar contigo... acho é que me vai dar o abafo :S

Caro FL,
obrigada!!
Essa agora dos sorrisinhos dos homens, confesso que não percebi :P
Exactamente! Eu fui enganada...pensei que fosse tudo nas calmas, aproveitando o ambiente em redor; mas afinal foi do género "Salve-se quem puder!" Começa tudo a acelerar... Jasus!

Avelaneira e Kitty,
bigada...ando mesmo com vontade de mudar um pouco o estaminé... quando tiver mais tempo, quero ver se faço mais umas alterações:)

Beijinhos a todos e boa semana!!

FL said...

Sobre os sorrisos dos homens:
Desfizeste o sorriso dos homens porque tinhas outro top por baixo ;) A não ser que a caminhada tenha sido realizada com homens religiosos ou mt comprometidos (ou gays...)

As caminhadas são uma aldrabice.