Wednesday, November 29, 2006

Pedido Estranho

Quando me quiserem magoar, peço que me magoem a sério.
Nada de mariquices, nada de estalinhos suaves, como quem não quer a coisa, quero que espanquem o meu ego.
Atinjam-me bem lá no alto do meu ego. Vejam-no cair e batam palmas.
Não quero ficar com ferimentos ligeiros, quero ficar com grandes feridas abertas.
Não me atirem pedras da calçada, quero ser bombardeada com pedregulhos vindos de catapultas ancestrais.
Não me deixem à superfície, Não, isso não é o suficiente para mim! Quero ser arrastada até ao fundo.

Quando me tentar levantar, quero que me voltem a atirar para o chão.

Porque só batendo bem lá no fundo do meu ser... só sofrendo a infinita dor.. só assim é que eu poderei renascer , acordar novamente, mais forte, mais capaz, mais resistente à próxima queda...
Obrigada!!


"O que não nos mata, torna-nos mais fortes".

8 comments:

Maríita said...

É muito inteligente essa tua perspectiva. Estou 100% de acordo. Hoje aconteceu-me isso e já estou a ficar mais forte.

Beijinhos

Margarida said...

Também acho uma cobardia agredir alguém ao de leve. Pior que um inimigo desnaturado é um velado ;)

eumesma said...

Concordo ctg em absoluto...

Nada como estar no fundo (ainda que seja mto mau) para nos reergermos com toda a força do mundo...
Ás vezes é preciso mesmo estar mto mal, para abrirmos os olhos...

Bjs

Anne Marie said...

Brutal!!!!

Concordo... mas não consigo fazê-lo...
:(

Mas quero que me neguem com brutalidade!

Beijos

Blondie said...

SEm dúvida, meninas:)
Quando algo me atinge de raspão eu nem sinto e continuo como se nada fosse. Por isso prefiro algo que me faça sofrer, algo que me faça acordar e largar logo essa situação! Acho que só assim eu perspectivo melhor o estado das coisas, só assim eu penso Basta!! Não quero isto para mim!
Por isso agradeço essa forma de brutalidade! É uma forma de eu renascer, muitas vezes da cegueira, de um estado dormente.
Beijocas a todas

Anonymous said...

Também prefiro que me digam logo as tudo o que se passa, sem ter de descobrir por meios ardilosos, que depois são seguidos de desculpas esfarrapadas......quando se sente que se precisa de mudar, vais vale ganhar coragem e não ser cobarde porque se tem receio de magoar alguém....

Joana said...

Concordo! Já que vem dor, que venha da grande, para aprendermos alguma coisa com isso! Tb sou apologista dessa filosofia!
Aliás, qd nos atingem com força até dá vontade de reponder com a mesma moeda, a não nos sentirmos mal com isso, com ataques leves ainda pensamos não ligar...
Bjinhos

Blondie said...

Anónimo:
Exacto!
Benvindo!!

Joana:
Concordo!